dropbox

DropBox: Seus arquivos na Nuvem

Todo escritório de advocacia tem aquela preocupação de guardar seus arquivos e deixá-los protegidos, e uma ótima alternativa para isso é o DropBox.

O Dropbox é um serviço de armazenamento de dados em nuvem e sincronização que serve para salvar seus arquivos e fotos em servidores online. O programa está disponível para download em computadores com Windows, Mac, Linux e Chrome, além de ser possível acessar em apps para Android, Windows Phone, iOS e Blackberry.  Há, ainda, a possibilidade de gerenciar todos os seus arquivos através de um website seguro.

Você pode salvar arquivos no computador para depois acessá-los de qualquer lugar pelo celular. Tudo o que você guardar no Dropbox é sincronizado automaticamente com todos os seus dispositivos. Com um simples link, você envia um arquivo para todo o escritório. É fácil compartilhar arquivos grandes com qualquer pessoa, mesmo quem não tem uma conta do Dropbox.

Além de todas essas funções, você pode gerenciar suas fotos, vídeos e ainda fazer sua própria apresentação de slides.

O DropBox oferece muita segurança aos seus arquivos e ainda te proporciona outras ferramentas para facilitar seu dia-a-dia. Clique aqui para acessar o site do DropBox.

A sua rotina de trabalho, ganhando em agilidade e segurança, é a contratação do recebimento de publicações através do BONNJUR – uma empresa com 63 anos de experiência em bem atender advogados.

dropbox

dicas jurisprudencia

Dicas para estudar a Jurisprudência

Antes de mais nada, a Jurisprudência é a ciência do direito e das leis, um conjunto das decisões e interpretações das leis feitas pelos tribunais superiores, adaptando as normas às situações de fato.

Os concursos cada vez mais estão sendo mais exigentes em relação aos conhecimentos jurisprudencial do candidato. Agora não basta você apenas memorizar as sumulas e sim ter o profundo conhecimento sobre elas.

As bancas examinadoras estão explorando mais a fundo os conhecimentos, e além das súmulas e dos entendimentos já consolidados pelos Tribunais, as bancas também exploram as divergências entre eles, bem como a “construção” jurisprudencial ao longo do tempo.

Diante dessa nova tendência das bancas examinadoras, o candidato precisa aperfeiçoar seu método de estudo. Nós temos algumas dicas para estudar a Jurisprudência:

Dica 1: faça a leitura de informativos comentados. É sempre recomendado que o candidato acompanhe os informativos. Outra boa opção são os livros que dividem os informativos por ano e por assunto.

Dica 2: faça o estudo da jurisprudência, sempre que possível, conjugado com o estudo da doutrina e da lei seca. Separe os julgados relevantes a serem estudados conforme você avança no estudo da doutrina. Ex: se você irá estudar o tema “prescrição” e “decadência” no Direito Tributário, aproveite para estudar o entendimento jurisprudencial do STF e do STJ logo após fazer a leitura da doutrina e da lei seca.

Dica 3: faça a leitura de todas as súmulas, principalmente do STF, STJ e TNU. O único cuidado que você precisa ter é identificar aquelas súmulas mais antigas que traduzem um entendimento já superado.

O estudo da jurisprudência deve fazer parte do cotidiano do concurseiro. Monte sua estratégia de preparação e mantenha-se firme nos estudos!

Dicas para estudar a Jurisprudência

atalhos do word

Atalhos do Word: Saiba tudo sobre as facilidades que ele oferece

Antes de mais nada, o Microsoft Word é o editor de textos do Office, pacote que é oferecido pela Microsoft. Muito completo, o programa permite um alto nível de controle das suas funções e ferramentas a partir do uso de atalhos de teclado. Também existe o Word Online, para conferir clique aqui!

Na lista abaixo, você vai conhecer todos os atalhos do Word e combinações de teclas disponíveis. Vale lembrar que esses atalhos funcionam apenas nas versões para Windows do editor — em versões mais antigas, como 2010 e 2007, podem apresentar pequenas diferenças.

Não esqueça também de atalhos referentes a usos específicos, como formatação, gráficos e tabelas, dependem desses elementos estarem selecionados na tela para funcionar.

Os atalhos mais usados normalmente são feitos com a tecla CTRL, como o famoso CTRL C e CTRL V. Abaixo segue a lista dos atalhos mais usados no dia-a-dia:

CTRL A: abrir um documento

CTRL B: salvar um documento

CTRL N: criar um novo documento

CTRL W: fechar documento

CTRL T: selecionar tudo

CTRL N: aplicar negrito ao texto selecionado

CTRL I: aplicar itálico ao texto selecionado

CTRL S: aplicar sublinhar ao texto selecionado

CTRL E: centralizar o texto

CTRL Q: alinhar à esquerda

CTRL G: alinhar à direita

CTRL Z: desfazer ação

CTRL R: refazer ação

CTRL L: abra a caixa de pesquisa

CTRL P: imprimir documento

CTRL F: abrir a caixa de diálogo de busca e pesquisa

CTRL PgDown: mover para o topo da próxima página

CTRL PgUP: mover o cursor para o topo da página anterior

Também existem atalhos para modo de exibição:

ALT K,T: alternar para o modo leitura

ALT CTRL P: alternar para o modo de exibição layout de impressão

ALT CTRL O: alternar para o modo de exibição de estrutura de tópicos

ALT CTRL N: alternar para o modo de rascunho

As teclas de funções também ajudam muito, veja pra que elas funcionam:

F1: acessar a Ajuda

F2: mover texto ou elementos gráficos

F4: repetir a última ação

F5: comando Ir Para

F6: ir para o próximo painel ou quadro

F7: escolher o comando Ortografia

F8: estender uma seleção

F9: atualizar campos selecionados

F10: mostrar dicas de teclas

F11: ir para o próximo campo

F12: comando Salvar Como

O Word é um excelente programa, você vai aprender a usar as teclas vai facilitar muito o seu dia a dia. O uso das teclas do Word vai agilizar e tornar seu cotidiano mais produtivo.

Para facilitar ainda mais seu tempo e aumentar a produtividade de advogados e a rentabilidade de escritórios de advocacia, você pode contar também com o BONNJUR, que possibilita receber seus recortes jurídicos num curto período de tempo após a publicação nos diários, poupando o tempo dos advogados para que eles possam aproveitá-lo da maneira que desejarem.

atalhos do word

O que é SPAM?

Você já deve ter ouvido, mas o que é spam?

SPAM é o nome dado às mensagens indesejadas que chegam até você por e-mail, embora também possam circular em outros meios, como redes sociais e blogs. A prática do SPAM é tão disseminada que é praticamente impossível evitar que você receba uma mensagem do tipo. Felizmente, algumas atitudes podem ajudar você a solucionar o problema.

o que é spam

SPAM é um tipo de mensagem eletrônica que chega ao usuário sem que este tenha solicitado ou considere a hipótese de recebê-lo. Em geral, esta prática tem finalidade comercial, ou seja, tenta fazer com que a pessoa adquira algum produto ou serviço. Mas também pode ser um meio para a disseminação de golpes, hoax (boatos), difamação, malwares e assim por diante.

Outra característica do SPAM é que este tipo de mensagem costuma ser disparado para centenas ou milhares de pessoas ao mesmo tempo. Este é um dos motivos de sua existência: o SPAM pode chegar a um número consideravelmente grande de pessoas em um intervalo de tempo muito curto e sem grande esforço.

Isso acontece porque o spammer (indivíduo responsável pela emissão de SPAM) sabe que a mensagem só causará efeito em uma parcela pequena de pessoas e, portanto, necessita de meios para fazer o alcance ser o maior possível. Em muitas situações, caso ele obtenha retorno com apenas 1% ou 0,5% do total de mensagens, por exemplo, provavelmente o seu envio já terá valido a pena.

O fator custo também influencia: o spammer pode utilizar ferramentas criadas especificamente para este fim, fazendo com que o retorno obtido compense os gastos necessários para utilizá-las. Em outras palavras, o SPAM também existe por ser barato.

Para não acontecer este tipo de coisa, evite fazer cadastro em qualquer site ou deixar seu email com estranhos.