Brecha no sistema de criptografia do WhatsApp pode expor a sua privacidade

criptografia do WhatsApp

Visando proteger as conversas e garantir a privacidade de seus usuários, os responsáveis pelo WhatsApp optaram pela implementação do sistema conhecido por “criptografia de ponta a ponta” que tecnicamente, protege todas as conversas no aplicativo. Mas será que existe uma brecha na criptografia do WhatsApp?

Rumores indicam que as coisas não estão funcionando tão bem assim. Recentemente, o jornal britânico “The Guardian” apontou uma falha neste sistema, descoberta pelo pesquisador de segurança da Universidade de Berkeley, na Califórnia, Tobias Boelter. O sistema adotado pelo WhatsApp funciona da seguinte maneira: Chaves únicas de segurança são geradas para cada usuário e conforme o nome sugere, o sistema (supostamente) protege todo o trajeto da comunicação entre emissores e receptores. Em outras palavras, é como uma chave que “tranca” a mensagem quando ela sai e “destranca” quando ela chega ao destinatário.

Porém, é aí que mora o problema. Imaginemos que o receptor fique off-line depois da mensagem ter sido enviada pelo remetente. Neste meio tempo, o sistema geraria uma nova chave de segurança e descartaria a primeira. Portanto, ao “destrancar” a mensagem e “trancá-la” novamente com outra chave, se cria a brecha ideal para expor o seu conteúdo ao aplicativo.

whatsapp

No entanto, ficar off-line não é o único fator que coloca em risco a privacidade dos usuários. As trocas das chaves de segurança também ocorrem quando o usuário troca de telefone ou reinstala o WhatsApp.

Para algumas pessoas, principalmente para os profissionais que necessitam da certeza do sigilo na troca de mensagens, é inquietante saber sobre esta possível exposição devido à falha no sistema do WhatsApp. Portanto, fica a lição: devemos sempre ter cuidado com tudo que enviamos.

Para contar com a tranquilidade em poder confiar nas informações recebidas, o BONNJUR está a sua disposição para serviços de recortes jurídicos, notificações automáticas, armazenamento ilimitado e outras vantagens. Clique aqui e saiba mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *